Legião Urbana Uma Outra Estação
Bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet

eXTReMe Tracker
 

LEGIÃO URBANA LANÇA CD E VHS "ACÚSTICO"

(http://www.zaz.com.br/headphone/ - 20/10/1999)

Chega às lojas no final da próxima semana uma preciosidade: o CD e o VHS com a gravação integral do "Acústico MTV'' do Legião Urbana. Gravado em 1992, o show foi um dos primeiros acústicos produzidos pela emissora e, até agora, não estava disponível para o público. "Nós gravamos tudo como um programa de TV, não para lançar em disco. Na época, os acústicos nem eram lançados em CD'', afirmou Dado Villa-Lobos, guitarrista do Legião, durante a entrevista coletiva de lançamento dos trabalhos anteontem.

O vídeo e o disco têm a mesma duração (76 minutos) e incluem, além das canções que foram exibidas na época e gravadas no CD "Música Para Acampamentos'', como "Teatro dos Vampiros'' e "Índios'', covers e comentários de Renato Russo captados durante os "intervalos da gravação''. Entre as canções estão "Hoje a Noite Não Tem Luar'', de A. Monroy e C. Villa de La Torre, em versão de Carlos Colla, que foi gravada originalmente pelo grupo Menudo.

"O Renato vivia dizendo que queria cantar Menudo e nós dizíamos que não. No acústico, durante um intervalo, sem saber que estava sendo gravado, ele cantou essa música, que acabou virando 'single' do CD, sete anos depois'', disse Dado. Nas palavras do próprio Renato, se justificando antes de cantar, a música "é cafona, mas é bonita''.

Mas, muito além do cafona, também estão registradas "Head On'', do Jesus & Mary Chain, e "The Last Time I Saw Richard'', de Jony Mitchell. "Esse disco é uma espécie de polaróide da banda naquela época. É uma polaróide do país, da MTV em 1992'', disse Marcelo Bonfá, baterista do Legião. "É um disco datado. Data de 1992'', complementou, rindo, Dado.

"O CD e o VHS só estão saindo por causa da falta do Renato. Se ele estivesse vivo nós estaríamos fazendo outra coisa. Esse trabalho mesmo só demorou para sair porque nós tínhamos coisas novas para trabalhar'', disse Dado.

"Além disso, toda essa história do Legião, de participar de tributo ao Renato, de ir a programa de rádio, puxa a gente para trás, até porque não há nada mais inédito do Renato para lançar, só versões de trabalhos que já são conhecidos. Parece um velório interminável'', afirmou o guitarrista.

Mas quem imagina que esse acústico relançado sete anos depois é o canto de cisne do Legião se engana. "Nós ainda temos muitas fitas de shows, gravações ao vivo que precisam ser ouvidas e recuperadas. Era idéia do Renato lançar uma caixa com todo esse material, e agora nós pretendemos fazer isso'', afirmou Bonfá. "A gente conta para eles o nome da caixa?'', perguntou Bonfá para Dado. "Não, ainda não, é segredo'', respondeu o guitarrista, o que pode indicar que a tal coleção deve ser um pouco mais do que um simples projeto.

O CD e o VHS do acústico chegam às lojas no dia em que a MTV leva ao ar a versão integral do programa, na sexta-feira da próxima semana. A primeira exibição acontece às 22h, com reapresentações no sábado (às 14h30 e às 20h30) e no domingo (às 16h30).

 

CRÍTICA
O Legião Urbana sempre foi uma banda musicalmente fraquinha. Parecia mais cover do Joy Division, em seu primeiro disco, tanto na linha de baixo quanto nas performances epiléticas de Renato Russo nos shows. Mas o grande diferencial e tábua de salvação do grupo sempre foram as letras cheias de poesia e raiva do seu líder. E no CD acústico isso fica muito claro. A música é pano de fundo suave para a verborragia de Renato. Registro histórico de um dos grandes letristas e intérpretes de suas canções dos anos 80, 90... [Rodrigo Dionísio, Agência FOLHA]

 

 

Política de Privacidade

Skooter 1998 - 2008