Legião Urbana Uma Outra Estação
Bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet

eXTReMe Tracker
 

Que País É Este (1978 - 1987)

Período de Gravação: Outubro a Dezembro de 1987
Data de lançamento
: Novembro de 1987
Produzido por: Mayrton Bahia
Gravadora: EMI
Vendagem: 1,296 milhão de cópias.

Músicas:

  1. Que País É Este
  2. Conexão Amazônica
  3. Tédio (Com Um T Bem Grande Pra Você)
  4. Depois do Começo
  5. Química
  6. Eu Sei
  7. Faroeste Caboclo
  8. Angra dos Reis
  9. Mais do Mesmo

Compre sem sair de casa

O disco reúne canções de épocas diferentes, algumas já conhecidas do público, "Que País É Este" abria praticamente todos os shows da Legião Urbana, algumas outras como "Eu Sei", na época conhecida com "18 e 21" foi muito tocada nas rádios (uma gravação pirata). Este disco era pra ser meio que um presente para os fãs, mas não foi o que aconteceu. E acabou emplacando um sucesso muito estranho: "Faroeste Caboclo", música de 10 minutos (mais uma das histórinhas de Renato), inacabavel, apesar de longa emplacou nas rádios, que censuravam os palavrões (absurdos da censura, aliás nada mais idiota do que esta censura), mas os fãs faziam questão de cantar toda a letra, decorada, completa.

Este é o disco mais pauleira da banda. Bate-estaca mesmo, músicas como "Conexão Amazônica" da época do Aborto Elétrico, com direito a refrão "Ie Ie Ie" aos berros do público, temática pesada, falava sobre tráfico de drogas. Como dizia Renato "capital brasileira do consumo de drogas" referindo-se a Brasília. O disco também tinha "Depois do Começo" - Renato dizia ser essa a música que menos gostou de compor, a música parece não fazer o menor sentido, e é ótima pra quem gosta de decifrar mensagens ocultas, o aviso do encarte: "Cuidado ... interpretar estes versos provavelmente dirá mais sobre a pessoa que tenta decifrá-los do que propriamente sobre a música em si". O disco ainda tinha "Química", que foi incluída na versão K7 do Dois. Era o grito de guerra dos vestibulandos, também fez parte do repertório do Aborto Elétrico e foi gravada pelos Paralamas (aliás esta foi a música que acabou abrindo as portas da EMI para a Legião Urbana).

As mais recentes são as duas últimas: "Angra dos Reis" e "Mais do mesmo".

 

Política de Privacidade

Skooter 1998 - 2008