Legião Urbana Uma Outra Estação
Bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet

eXTReMe Tracker
 

Remanescentes do Legião Urbana lançam CD e programa acústico

O Estado de São Paulo, 20/10/99

 Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá reeditam o encontro realizado na MTV, em 92

JANAINA ROCHA

Especial para o Estado Pôr um ponto final nos tributos a Renato Russo. Com essa intenção, Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá estão lançando, em  CD e vídeo, o registro acústico do grupo Legião Urbana - gravado na MTV,  em 1992. Além disso, os dois dizem que a idéia da reprodução desse  programa é a de saciar os pedidos dos fãs. Não vão retomar o trabalho do  grupo. Dado continua produzindo no seu selo Rock It! e Bonfá pretende  aventurar-se num álbum-solo, no ano que vem. "Esse disco só sai, acho, por  não termos mais o Renato", afirma Dado. "Senão estaríamos fazendo outra
coisa, ou não, não sabemos dizer", completa Bonfá. Segundo Dado, o grupo quase não possui registros de imagem e com esse novo trabalho, eles  aproveitam a chance para documentar esses memoráveis instantes da Legião. "É uma foto polaroid daquele momento." Os dois integrantes não temem as  críticas de que são oportunistas. "Somos sinceros e honestos", defende Bonfá.  "O Acústico MTV não tinha essa conotação de vendável naquela época, era  só mais um programa", argumenta Dado. "Ninguém pensava em fazer um disco." Tanto Dado quanto Bonfá nunca se aproveitaram do significado da  Legião e da figura de Renato Russo. Mas até que têm direito. O disco e o  vídeo retomam também a sonoridade mais antiga do
grupo. "É um som meio folk, por causa dos violões", conta Dado. "A maioria das nossa canções era  composta dessa maneira." Nessa versão acústica, a Legião conta apenas com os violões de Renato e Dado e a percussão de Bonfá. "O mais legal e importante é a imagem desses três caras tocando aquelas canções, sem  excessos", acredita Dado. Por isso, os dois
reeditaram o CD como um retrato fiel do programa - que tem 15 canções (o CD tem 14) e duas horas de  duração -, com os papos descompromissados do show. No entanto, o vídeo ganha os comentários e as histórias dos dois principais órfãos da Legião. Sete anos depois, um Acústico MTV mostra muita novidades. E  boas. "Ninguém sabia o que ia tocar na época, não
tinha o lance de só  tocar sucessos", diz Dado. "Até porque, tudo dependia do que o Renato  queria dizer no dia." O Acústico, segundo ele, era também uma maneira,  naquele instante, de divulgar do disco V. Porém, eles não queriam fazer
 um videoclipe e aceitaram o convite da MTV. "Para variar, ensaiamos só  um pouco, acho que um dia antes na casa do Bonfá", recorda.  "Discutimos mais do que tocamos na noite e a intuição prevaleceu na  apresentação." Menudos - Bonfá estava nervoso com as luzes e a  câmeras. Dado, mais habilidoso que nunca, acompanhando Renato, com  arranjos distintos das canções originais. E Renato, inspirado e, como  sempre, irreverente. Cantou Hoje a Noite não Tem Luar, um cover dos
 Menudos: "Ela passou do meu lado/Oi amor, eu lhe falei/Você está tão  sozinha/Ela não sorriu pra mim." A música já está
tocando nas rádios.  Segundo Dado, a música On the Way Home, de Neil Young e Johen  Lydon, que se une com Rise, de Nill Laswell, era uma das preferidas de  Renato. "São canções especiais, as quais ele sempre queria interpretar e  nessa hora rolou." Outras influências importantes dos integrantes da  Legião foram marcantes na gravação. Uma delas é o cover da banda  inglesa Jesus & Mary Chain, Head On. O CD tem ainda releituras interessantes de Índios, Pais e Filhos, Há Tempos, Eu Sei e Faroeste Caboclo; além das canções do ábum V, como Teatro dos Vampiros e  Sereníssima. A MTV apresenta no dia 29, às 22 horas, o Acústico MTV  da Legião Urbana. 

 

Política de Privacidade

Skooter 1998 - 2008