Legião Urbana Uma Outra Estação
Bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet

eXTReMe Tracker
 
POETA DA DÉCADA PERDIDA

(Folha de São Paulo -  12/10/1996)

(Por Roni Lima)

 

O Brasil do início da década de 80, ainda sob as regras do regime militar, que já completava duas décadas de duração, era um país que tentava reconquistar o direito à democracia e à liberdade de expressão.

Na música popular, a relativa estagnação de artistas consagrados permitiu o aparecimento de novos talentos, dessa vez sob o ritmo do rock. O grupo brasiliense Legião Urbana, tendo à frente o cantor e compositor Renato Russo, soube traduzir como poucos os anseios dos jovens da época que, nascidos durante um regime autoritário, ainda não sabiam o que era viver em uma democracia.

A morte prematura de Renato Russo remete a uma época já conhecida historicamente como a ''década perdida'', mas que deixou suas marcas nos rumos do país. A relativa apatia dos anos 80 época distante do idealismo dos 60 e sem caminhos próprios definidos atingiu diretamente a legião de jovens que queriam muito se expressar, mas não sabiam claramente o que dizer.

Renato Russo tornou-se uma espécie de porta-voz dessa geração.

Os mesmos adolescentes que marchavam empolgados com a idéia de eleições diretas para presidente questionavam o futuro do país acompanhando versos de Russo, que criticava as guerras, o serviço militar obrigatório, o vestibular e a alienação da própria juventude.

Russo escreveu sonetos de difícil memorização que eram repetidos seguidamente por um público fiel. Compôs canções longas e sem refrões que fugiam do padrão de música popular exigido pela indústria fonográfica. A rebeldia estava fora de moda, mas ele decidiu ser rebelde, em uma época em que, para vencer, era preciso ser alguma coisa.

Deu aos jovens da ''década perdida'' a identificação que lhes faltava, o fôlego e a energia que os adolescentes sempre procuram. Foi para essa juventude um poeta, um trovador, um autor de hinos que retrataram um momento histórico brasileiro, de muita ansiedade e poucos ideais.

 

 

Política de Privacidade

Skooter 1998 - 2008