Legião Urbana Uma Outra Estação
Bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet

eXTReMe Tracker
 
De guru a mártir teen

(Folha de São Paulo -  12/10/1996)

(Por Thales de Menezes)

 

 "É uma coisa doida isso que aconteceu com o Kurt Cobain. Morrer é triste. Todo mundo estava vendo o menino se acabando, todo mundo sabia que ele iria morrer. Ser mártir não está com nada", comentou certa vez Renato Russo.

Ele não aceitava ser guru dos adolescentes. Perdeu a batalha, porque a maioria dos 4,5 milhões de compradores dos álbuns do Legião Urbana são teens. E essa legião tem um novo mártir.

A empatia de Renato Russo com os jovens não pode ser mais natural. A poesia de suas canções era alicerçada na inquietude do adolescente, essa eterna sensação de que no mundo não existe lugar para ele.

O letrista conseguiu a incrível proeza de amadurecer, mesmo ainda enraizado na angústia teen.

Seu prestígio é tamanho que transformou em campeão de vendagens um CD de canções bregas italianas.

Nas portas das escolas, a morte do artista gerou cenas de comoção intensa.

A garotada perdeu o guru. Mais do que isso, perdeu o amigo mais velho.

 

 

 

Política de Privacidade

Skooter 1998 - 2008