Legião Urbana Uma Outra Estação
Bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet

eXTReMe Tracker
 

DUETO
Renato Russo, do Legião Urbana, gravou com Dorival Caymmi a música "Só Louco" para o programa "Por Acaso"

(Folha de São Paulo - 20/12/1994)

(Por Fernanda da Escóssia)

Eles se conheceram no último sábado, nas gravações do programa "Por Acaso", da TV Bandeirantes. Dez minutos depois, já faziam um duo inédito em "Só Louco", cantando como velhos parceiros da MPB.
De um lado, o baiano Dorival Caymmi, 80, autor da canção e homenageado do programa; de outro, o vocalista da banda Legião Urbana, o roqueiro Renato Russo, 34, um dos convidados especiais.
Antes da gravação, Russo - sempre tratando Caymmi por "senhor" - pediu que ele autografasse o LP que trouxe a primeira gravação de "Só Louco". O disco é um vinil dos anos 50, "Sambas", cuja capa mostra Dorival Caymmi em frente ao mar. "É um disco muito raro, de um amigo meu. Conheço e gosto de Dorival Caymmi porque sou, antes de tudo, brasileiro. As músicas dele fazem parte da cultura brasileira", disse Russo.

Caymmi ganhou ainda um presente do roqueiro: uma camiseta do Legião Urbana. "Sei que muitos dos meus netos vão me pedir essa camiseta, mas quem vai usar sou eu", afirmou. Foi justamente uma neta de Dorival Caymmi que o apresentou à voz de Renato Russo. Os dois têm voz de barítono, o timbre médio masculino, entre o tenor e o baixo. "O Caymmi me disse que gostava do jeito que o Renato cantava e decidiu convidá-lo para o programa", contou o apresentador José Maurício Machline.

A música que cantaram juntos, "Só Louco", foi escolhida por Renato Russo e teve o acompanhamento de Muri Costa ao violão. Os dois fizeram questão de mostrar que gostaram da parceria. "Renato, você é demais", disse Caymmi. Renato Russo respondeu: "Valeu, Dorival".

O programa "Por Acaso", com Dorival Caymmi, só vai ao ar na segunda quinzena de janeiro.

 

 

Política de Privacidade

Skooter 1998 - 2008