Legião Urbana Uma Outra Estação
Bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet

eXTReMe Tracker
 
Acústico do Legião revela lado brincalhão de Renato Russo

Jornal da Tarde, 20/10/99

Gravado em 92 pela MTV Brasil, o programa mostra o ídolo bem à vontade, contando piadas e mexendo com a platéia. Gravadora EMI está lançando também o CD e o home vídeo com a apresentação da banda

O Legião Urbana pode ter acabado, mas seu legado ainda cria expectativa entre os fãs de Renato Russo e companhia. Quem diria que um especial acústico gravado em 1992 pela MTV Brasil seria motivo de festa e renderia até CD? Pois é, aconteceu. No dia 29, às 22h, a emissora exibe o programa Acústico MTV Legião Urbana - Edição Especial e lança, simultaneamente, o CD e o home vídeo com a apresentação da banda. O vídeo tem duas horas de duração e comentários de Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá.

"Só lançamos o disco agora porque quando gravamos o programa não havia essa intenção", explica o guitarrista Dado Villa-Lobos, em entrevista ao JT. "Não é oportunismo. Se a gente analisar bem, o Legião sempre lançou discos com intervalo de dois anos. O 'Acústico' está nessa linha.", completa o baterista Marcelo Bonfá.

Com 14 faixas, o CD apresenta algumas novidades em relação ao grupo. Renato Russo desiste, um pouco, de seu lado introspectivo. Conta piadas, brinca com a platéia e não perde a chance de comentar os pequenos lapsos que os músicos cometeram durante a execução das canções. "Ensaiamos poucas vezes. Uma semana mais teria sido muito bem-vinda", brinca Bonfá, que precisou trocar a bateria pela percussão. "Foi tudo um tanto intuitivo durante a gravação. Se tivéssemos que repeti-la hoje só teríamos ensaiado mais", lembra Villa-Lobos.

Segundo Bonfá, um dos maiores desafios deste trabalho foi a transformação das músicas para o formato acústico. "Pensei que seria mais fácil. Mas como até nossos shows eram meio loucos, a gente nunca sabia o que realmente aconteceria no palco", lembra. "É interessante perceber que, mesmo seguindo um estilo diferente, nossas músicas ainda têm relevância no cenário brasileiro", comenta Villa-Lobos.

Motivos

A profusão de bandas lançando discos covers deu margem a comentários sobre esse ser um disco com interesses financeiros. "Não pensamos nessa possibilidade antes, pois com o Renato vivo sempre havia outros trabalhos em produção. E, é claro que os novos discos tinham prioridade", responde Dado Villa-Lobos. "Esse disco só saiu por causa da morte do Renato."

Outro motivo relevante é a preocupação com os fãs do grupo. "Nosso público merece ter acesso a esse material. Eles gostam e é uma forma de lembrar do trabalho do Renato", diz o bem-humorado Bonfá.

O resultado do CD Acústico Legião Urbana é memorável. Além de algumas clássicas, como Faroeste Caboclo, Pais e Filhos, Índios e Teatro dos Vampiros, o repertório apresenta covers competentes de bandas como Jesus & Mary Chain, PIL e Jony Michell. A irreverência de Russo é marcante nesse álbum e um dos exemplos é a música Hoje a Noite Não Tem Luar, originalmente gravada pelos Menudos e o mais recente hit do Legião. "Nem ensaiamos essa canção, mas o Renato decidiu tocar num intervalo e, por sorte, algum técnico gravou", conta Villa-Lobos.

Esse álbum poderia significar o último trabalho da Legião, mas nem tudo está perdido. "A fonte acústica secou pois este era nosso único material, mas a elétrica ainda tem algumas surpresas", diz Villa-Lobos. A dupla afirma que há a possibilidade de se lançar uma caixa com alguns shows de covers. Entre os artistas que podem estar neste repertório está Elvis Presley.

Fábio Madrigal Barreto

 

Política de Privacidade

Skooter 1998 - 2008