Legião Urbana Uma Outra Estação
Bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet
bullet

eXTReMe Tracker
 

LEGIÃO URBANA

Acústico MTV - EMI

(www.uol.com.br/diversao/musica/discos.htm - 22/10/1999)

 

Matar a saudade do Legião Urbana ficou mais fácil. O show acústico feito pela banda em 1992 virou disco e promete prazer aos ouvidos mais saudosos e uma nova oportunidade a quem pouco apreciou a poesia de Renato Russo.

Isso porque o disco torna público o Legião conhecido apenas por aqueles que estavam presentes durante as gravações. Desvenda e compartilha da intimidade da banda, dos dois violões, da bateria, das percussões e dos comentários que Russo faz entre as canções.

Ouvir o disco é como estar presente neste momento e ver o trio num clima extremamente espontâneo.

"É muito mais intenso tocar para pessoas que estão próximas, com violão", diz durante a gravação o cantor e líder do Legião, morto em 96.

A apresentação foi bolada para divulgação do disco V, lançado em 91. Só que antes de chegar em "Sereníssima", a primeira do álbum a ser executada, o Legião experimenta novas versões para "Mais do Mesmo" (Que País É Esse), "Pais e Filhos" (As Quatros Estações) e Índios (Dois), que ganha uma roupagem de "fado grego", como define e brinca o próprio Renato Russo.

Esse Acústico MTV traz ainda Joni Mitchell, Jesus and Mary Chain, "On The Way Home", de Neil Young, e "Rise", de John Lydon, -pra relembrar o passado pseudo-punk do grupo. E mais, "Há Tempos", "Eu Sei" e, fechando com chave de ouro, a épica "Faroeste Caboclo".

 

Política de Privacidade

Skooter 1998 - 2008